APLICAÇÃO DE FERTILIZANTES E DEFENSIVOS ATRAVÉS DA IRRIGAÇÃO

       
       A irrigação tem um papel de grande importância para o sucesso de uma lavoura, principalmente em épocas de estiagens prolongadas. Além dessa grande utilidade, levar água às plantações, o sistema de irrigação pode ser utilizado para combater pragas e para ajudar na fertilização do solo. 
       A aplicação de produtos químicos, defensivos agrícolas, é chamada de quimigação. No caso da aplicação de fertilizantes, o nome utilizado é fertirrigação. Estes são nomes genéricos, e dependendo do produto químico utilizado, recebe uma nomenclatura específica.
       A utilização do sistema de irrigação para estes fins traz enormes vantagens para os agricultores, se compararmos aos outros métodos. Podemos citar, como vantagens:

- aumenta a velocidade de aplicação;

- necessita pouca mão-de-obra;

- é mais seguro para os operadores, reduzindo o risco de contaminações e doenças;

- apresenta um custo total muito menor, por não depender de grandes máquinas e de muita mão-de-obra;

- permite adubações em qualquer fase da cultura, sem risco de danificar as plantas; - maior homogeneidade ou uniformidade nas aplicações, reduzindo as perdas dos produtos aplicados.

       Nem todos os produtos podem ou devem ser aplicados através desse método. Muitos não foram desenvolvidos prevendo quantidades ou mesmo a possibilidade de aplicação através desse método. Alguns, ainda, podem causar sérios danos ao sistema de irrigação, através da oxidação, ou seja, do "enferrujamento" das partes metálicas do sistema.
       A aplicabilidade desse método deve ser decidida através do parecer de um técnico agrícola ou engenheiro agrônomo, para que os resultados alcançados sejam os melhores possíveis.

FONTE: Rural News