REDE DIVULGA RESULTADOS DE EFICIÊNCIA DE PRODUTOS PARA CONTROLE DA FERRUGEM DA SOJA

        
            A rede de ensaios cooperativos, instalados na safra 2010/2011, em todas as regiões produtoras de soja divulga, por intermédio de publicação eletrônica, os resultados sumarizados sobre a eficiência de fungicidas para o controle da ferrugem da soja, causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi. A rede de ensaios de ferrugem é formada por 25 instituições de ensino, pesquisa pública e empresas da iniciativa privada. O objetivo da rede é avaliar a eficiência dos fungicidas indicados para a ferrugem da soja e as novas formulações, que estão em fase final de avaliação para registro junto ao Ministério da Agricultura.
          Na safra 2010/11, a rede realizou 27 ensaios nas principais regiões produtoras. A pesquisadora Cláudia Godoy, da Embrapa Soja, explica que os ensaios foram conduzidos em cultivos de soja em novembro e dezembro, sob alta pressão do fungo causador da doença. "Esta situação de alta pressão do fungo é importante para avaliarmos os tratamentos, mas não é a situação vivida pelo produtor que planta soja mais cedo para escapar do problema", explica.
          A pesquisadora informa que foram avaliados fungicidas dos grupos dos triazóis, estrobilurina, carboxanilida isolados ou em misturas. "Devido a menor eficiência observada com os fungicidas do grupo dos triazóis, a partir da safra 2009/10, passamos a indicar somente a utilização de misturas comerciais de triazóis com estrobilurinas para o controle da ferrugem, o que comprávamos também na última safra", diz.

Para conhecer o documento completo CLIQUE AQUI.

Lebna Landgraf
Embrapa Soja
(43) 3371-6061
lebna@cnpso.embrapa.br 

FONTE: Revista Cultivar