EMBRAPA LANÇA ABÓBORA LINDA E PRODUÇÃO DE CITROS SEM SEMENTES



Cristiane Betemps
Embrapa Clima Temperado
Foto: Síntia Zitzke Fischer


Dois novos produtos estão sendo lançados pela Embrapa Clima Temperado, Pelotas (RS). Trata-se da abóbora ornamental, BRS Linda e a publicação, Sistema de Produção de Citros sem Sementes. As tecnologias são recomendadas para os produtores de base familiar ou empresarial, que desejam entrar nesse negócio, e também para apreciadores de frutas de qualidade e de produtos diferenciados, que queiram ocupar mercados especializados.

O Sistema de Produção de Citros

O material lançado de citros é uma publicação da série Embrapa, de 380 páginas, denominada Sistema de Produção de Citros sem Sementes, onde estão reunidas as principais informações de resultados de pesquisa e as experiências do grupo quanto à produção de citros sem sementes. Os organizadores são os pesquisadores Roberto Pedroso de Oliveira e Walkyria Bueno Scivittaro.
O trabalho versa sobre a formação de sementes e de frutos; exigências de solo e água; uso de porta-enxertos; indicações das características, produtividade, manejo das principais cultivares de laranjeira, de tangerinas e híbridos de citros; produção de mudas; exigências nutricionais; correção do solo e adubação; poda de citros; raleio de frutos; manejo de pomares para produção de citros sem sementes; manejo de plantas daninhas; doenças; manejo de pragas; boas práticas agrícolas e segurança do alimento.
            Há doze anos, a Embrapa Clima Temperado vem realizando ações de pesquisa e de extensão voltadas à produção de citros sem sementes, em parceria com a Embrapa Transferência de Tecnologia, Embrapa Mandioca e Fruticultura, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (FEPAGRO) e Emater/RS, dentre outras instituições. Os projetos, financiados pela Embrapa, MAPA, CNPq e/ou FAPERGS, geraram e validaram diversos conhecimentos e tecnologias.

O mercado de citros

Os citros encontram-se entre as frutas mais produzidas e consumidas no mundo, estando presentes na mesa de praticamente todos os brasileiros. Embora o Brasil seja o maior produtor mundial de laranja, sendo cultivados centenas de milhares de hectares com a cultura, ainda existe amplo mercado para o desenvolvimento da citricultura, especialmente a de frutos sem sementes de mesa.
Conforme Roberto o material lançado é um incentivo à produção de citros. “Nossa intenção é promover a otimização dos sistemas de produção de citros vigente e que carecem de escala de produção e enfrentam problemas relacionados ao manejo de pragas e doenças e também estimular a produção de citros sem sementes a um custo compensador em algumas regiões”, observou.

Preços praticados em pesquisa da Embrapa

R$ 0,18 centavos por Kilo de fruta – preço médio de frutas cítricas para sucos

R$ 0,60 centavos por Kilo de fruta – preço médio de frutas cítricas sem sementes

Uma abóbora para pequenos espaços

Se você tem quintal, ou algum espaço na sacada de seu apartamento, pode colocar em prática uma ideia inusitada como cultivar abóboras. É que a Embrapa está lançando ao mercado, pela primeira vez, uma cultivar exclusivamente ornamental apropriada para pequenas áreas. A BRS Linda, com suas características, como pode ser usada, como é seu cultivo e onde conseguir suas sementes, será apresentada à sociedade na 35ª. Expointer, no dia 29 de agosto, às 15h, na Casa de Tecnologia da Embrapa, dentro do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio(RS).
Abóboras para decoração são muito utilizadas em países da Europa e a Metade Sul do Estado é quem tem mantido esta tradição, principalmente, os descendentes de imigrantes alemães. “Resgatamos as sementes de agricultores familiares da região para valorizar as cultivares crioulas e para que outros tenham acesso”, comentou a pesquisadora responsável pela cultivar, Rosa Lia Barbieri, da Embrapa Clima Temperado, de Pelotas(RS).
Segundo ela, a nova cultivar pode chegar a produzir 20 frutos por planta, com boa incidência de sol e condições climáticas, além de agregar valor e renda aos pequenos agricultores. “Por ser colorida, de tamanho pequeno e durável (cerca de 4 a 5 meses), essa cultivar vem a ocupar uma fatia do mercado de decoração, pois ela é usada em diferentes recipientes, como gamelas, cestas e vidros, para enfeitar cozinhas e restaurantes, e até para compor arranjos em floriculturas”, explica. Durante a realização da pesquisa, Rosa Lia conta que foram feitas avaliações e os entrevistados ficaram motivados em adquirí-las. “ Essa é a primeira de uma série de novas cultivares ornamentais que serão lançadas durante os próximos anos”, adianta.

Características de Cultivo

A época de plantio no Sul do país começa agora, em setembro, e vai até dezembro. Nas demais regiões o plantio pode ser realizado durante todo o ano. As plantas de abóbora podem ser cultivadas em jardins e quintais, da maneira tradicional, desenvolvendo-se livremente. Ou ainda, tem a possibilidade de serem cultivadas em vasos, utilizando suportes, ou uso de cercas, com acompanhamento do cultivo, para dar sustentação às plantas e garantirem coloração uniforme.

Como adquirir a nova cultivar

Os interessados podem adquirir as sementes na Embrapa Produtos e Mercados- Escritório de Capão do Leão, pelo fone (053) 3275-9291 ou encpl.snt@embrapa.br.

FONTE: Grupo Cultivar