ALEAM QUER CRIAÇÃO DE GRUPO DE TRABALHO PARA ESTUDAR EXPLORAÇÃO DA SILVINITA


A Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) aprovou nesta quinta-feira (25) requerimento de providências para a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Helena Hoffmann e do ministro de Minas e Energia, Edson Lobão, visando a criação do grupo de trabalho da silvinita.
Segundo o autor da ação, Sinésio Campos (PT), a ideia é que esse grupo de trabalho dê suporte necessário para dar celeridade à aprovação de matérias relativas à exploração das reservas minerais nos municípios de Nova Olinda do Norte e Itacoatiara, sob a responsabilidade da Petrobras.
O deputado justificou que a mineração na Amazônia vem se tornando fator preponderante para dinamização e desenvolvimento sócio-econômico de inúmeras regiões.
Segundo o parlamentar, há apenas uma jazida de potássio sendo explorada no Brasil, que é em Sergipe, pela Vale. “Essa reserva não atende sequer 10% da demanda nacional de potássio. Por isso a importância de incentivar a exploração do minério no Amazonas”, disse.
O Brasil consome mais de oito milhões de toneladas de potássio por ano e as duas reservas de silvinita no Amazonas possuem juntas a capacidade para 300 milhões de toneladas, o que poderia significar em autonomia econômica neste setor.

FONTE: Em Tempo