COM CALOR E TEMPO SECO, QUEIMADAS CHEGAM A QUASE 11 MIL FOCOS NESTE MÊS NO BRASIL



O interior das regiões Sudeste e Nordeste, a região Norte e a metade leste do Centro-Oeste vêm registrando altas temperaturas e baixa umidade relativa do ar nos últimos dias, segundo a Somar Meteorologia.
Em Esperantina, no Piauí, os termômetros chegaram aos 40°C e, na capital Teresina, a máxima foi de 39,1ºC no domingo, dia 7. Com o calor e o tempo seco, a umidade relativa do ar tem chegado a níveis críticos, com valores inferiores aos 30% nos Estados de Tocantins, Goiás, Distrito Federal, Maranhão, Pará, Piauí, Ceará, Pernambuco, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Bahia.
Neste domingo, entre 142 cidade com baixa umidade relativa do ar, o destaque foi o índice de apenas 12% em Goiânia (GO) e em Alto Araguaia (MT). A combinação de temperatura elevada e baixa umidade do ar aumenta o número de incêndios pelo interior do Brasil. Só no mês de outubro, já foram registrados quase 11 mil focos de calor em todo o país.
Tocantins é o Estado recordista em número de queimadas, com mais de 2,3 mil focos, um aumento de mais de 500% em relação ao mesmo período de 2011. Paranã, em Tocantins, foi o município que mais registrou queimadas nas últimas 48 horas, com 68 focos. Segundo a previsão da Somar, o tempo permanece seco e quente em grande parte do interior do Brasil nesta segunda. As chuvas desta segunda permanecem restritas e atingem apenas o extremo Sul do país, parte da região Norte e leste do Nordeste. Nos próximos dias, uma frente fria avança pela região Sul e, até quinta-feira, chega ao Sudeste.

FONTE: Somar Meteorologia