FRACASSO EM PESQUISAS ADIA PRODUÇÃO DE CLORETO DE POTÁSSIO NO PAÍS


O fracasso das pesquisas na Bahia, Minas e Sergipe adiou a possibilidade de o País alcançar uma rota viável para a produção de cloreto de potássio, insumo fundamental para a produção agrícola.
Na Bahia, a canadense Atacama Minerals paralisou a exploração; em Sergipe, a Forbes & Manhattan também; em Minas, projetos nem sequer obtiveram licenças.
Como o Brasil é o maior importador mundial do potássio, a última esperança são as áreas da Petrobras hoje exploradas pela Vale.

FONTE: ISTOÉ Dinheiro