GRUPO CHINÊS VAI INVESTIR EM SOJA BAIANA


Depois de voltar da Europa, onde chefiou missão em Portugal, Espanha e França em busca de novos investimentos para a agropecuária baiana, o secretário estadual da Agricultura, Eduardo Salles, se reuniu nesta quarta em Salvador.
Ele esteve com diretores de 15 empresas do grupo Chongqing Grain Group Corporation Limited Liability Company, da cidade irmã da Bahia, Chongqing.
O líder da comitiva, Li Guanjin, diretor da Chongqing, que veio conhecer projetos agrícolas e industriais, em especial a planta de esmagamento de soja, disse que todos os projetos pensados para a Bahia serão realizados.
Ele confirmou o interesse em investir nas áreas de portos e de armazenagem. O grupo visitou o secretário para agradecer o apoio do Governo do Estado e fortalecer a parceria.
No final deste mês ou início de dezembro, o presidente do grupo, Hu Junlie, deve vir à Bahia com outra comitiva. Em março de 2011, Hu Junlie anunciou que o grupo chinês vai investir R$ 4 bilhões na Bahia.
O grupo vai implantar um pólo industrial para esmagar soja e refinar óleo de soja, além de estrutura portuária e uma indústria têxtil. Ele já está implantando em Barreiras a Universa Verde, com investimento inicial de US 300 milhões.
A usina vai esmagar 1,5 milhão de tonelada de soja por ano, devendo gerar inicialmente mais de 500 empregos diretos, número que na fase final deve passar de mil. Os empregos indiretos podem chegar a 7 mil.

FONTE: A Região