TÉCNICOS DISCUTEM AÇÕES PARA PREVENÇÃO DA SIGATOKA NEGRA NA PRODUÇÃO DE BANANA


A CeasaMinas, juntamente com o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), a Emater-MG e a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, discutiram, nesta semana, ações para prevenção e cuidados contra a sigatoka negra na banana. A sigatoka é uma doença causada pelo fungo Mycosphaerella fijiensis Morelet, e destrói o cultivo da bananeira.
Atualmente, 16 municípios mineiros estão impedidos de comercializar a banana para outros Estados, em função da praga. Segundo os especialistas, a doença veio para Minas Gerais de outras regiões. Na reunião, os produtores foram orientados, passo a passo, de como reverter a situação.
– A melhor forma para evitar essa epidemia é a prevenção no cultivo das bananas – afirma Manoel Diniz, gerente da Defesa Vegetal do IMA.
Segundo ele, algumas ações devem ser adotadas pelos produtores para prevenção da doença, tais como inscrição dos produtores da banana no IMA, manejo integrado da praga, uso de caixas plásticas, ou de madeira e papelão de 1º uso, higienização das pencas e poda nas folhas.
– Todos estamos à disposição para apoiar os produtores. Nossa intenção é trazer melhorias e soluções para os produtores da banana. Sabemos que essa fruta é um dos principais alimentos na mesa do consumidor. Essa iniciativa é de manter a preservação e o acompanhamento da produção da banana em Minas – conclui o presidente da CeasaMinas, João Alberto Paixão Lages.

FONTE: Ministério da Agricultura