CONSELHO APROVA REINTRODUÇÃO DE SEMENTES GENETICAMENTE MODIFICADAS DE MILHO NO RIO GRANDE DO SUL



O Conselho Administrativo do Fundo Estadual de Apoio aos Pequenos Empreendimentos Rurais do Rio Grande do Sul (Feaper/RS) aprovou na terça, dia 23, a reintrodução das sementes geneticamente modificadas no Programa Troca-troca de Sementes de Milho. A medida vale para a safra 2013/2014. Em nota, a Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), informa que a decisão visa a atender as reivindicações de um amplo conjunto de agricultores.
Entre as entidades beneficiadas estão a Federação dos Trabalhadores da Agricultura do RS (Fetag) e a Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado (Fecoagro), que buscam sementes com tecnologias voltadas para a resistência à lagarta do cartucho, praga que compromete boa parte da produção do milho no Rio Grande do Sul. O governo dará subsídio apenas ao valor equivalente à semente de milho híbrido, que é de R$ 105,00.
O restante do valor (R$ 115,00), que corresponde à tecnologia, será pago no ato da reserva. O agricultor que optar por esse tipo de semente, deverá pagar já no momento de fazer a solicitação junto ao sindicato ou prefeitura conveniada. Presidente do Conselho do Feaper e titular da SDR, Ivar Pavan afirmou que a nova medida atende reivindicação do Grito da Terra 2013, cuja pauta foi entregue na segunda, dia 22, ao governador Tarso Genro.

Programa Troca-Troca

Pavan destacou que somente o Programa Troca-troca de Sementes de Milho é responsável pelo fornecimento a um terço das lavouras de milho do Rio Grande do Sul, cobrindo 350 mil a 400 mil hectares e beneficiando cerca de 220 mil famílias de agricultores. O Conselho aprovou, ainda, a proposta do Governo do Estado em subsidiar em 50% o valor das sementes para 10 municípios atingidos pela última estiagem. O valor subsidiado para todos os municípios é 28% por saca.

Calendário

De 15 de julho a 31 de agosto, todas as localidades deverão ser contempladas com a entrega das sementes. A estratégia da regionalização e do plantio antecipado visa a otimizar os resultados da lavoura. De acordo com Pavan, a SDR estima fechar todos os pedidos de sementes por parte dos produtores até 30 de maio.

FONTE: Rural BR/Governo do RS