CHARGE PUBLICADA NA FOLHA DE SÃO PAULO GERA POLÊMICA NA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HORTICULTURA (ABH)


           A Associação Brasileira de Horticultura (ABH) publicou no dia 04 de novembro de 2013, em seu site oficial, uma nota oficial direcionada ao jornal "Folha de São Paulo", lamentando o fato de seu chargista ter ridicularizado a cultura do Brócolis como algo comestivelmente ruim, sendo passível de causar uma guerra, simplesmente por estar no prato de uma criança, confira abaixo, na íntegra, a carta da ABH à Folha de São Paulo:

A Associação Brasileira de Hortaliças - ABH lamenta a falta de criatividade ou de conhecimento do chargista Bennet

À Folha de São Paulo,

A Associação Brasileira de Hortaliças - ABH lamenta a falta de criatividade ou de conhecimento do chargista Bennet, que publicou no Jornal A Folha de São Paulo, ontem, 31, uma infeliz charge com alusão ao consumo de brócolis por um jovem que, supostamente, teria rejeitado o consumo dessa importante hortaliça em uma refeição. O chargista Bennet deveria saber que cientistas em diversas partes do mundo dedicaram-se a anos de estudos e concluíram que brócolis é uma das hortaliças mais completas para a dieta alimentar do ser humano, já que combate, com grande eficácia, diversos tipos de câncer, pela presença de fitoquímicos em sua composição.

Dessa forma, é importante salientar que os povos do mundo inteiro buscam formas de viver mais e melhor, e, neste contexto, a correta dieta alimentar é fundamental para a saúde dos consumidores. As hortaliças, principalmente o brócolis, fazem parte das recomendações dos nutricionistas por serem importantes fontes de: sais minerais, como ferro, cálcio, potássio, fósforo e muitos outros; fibras que são importantíssimas e ajudam na digestibilidade dos alimentos; além de vitaminas, aminoácidos e diversos antioxidantes, que ajudam a prevenir enfermidades cancerígenas diversas e que, portanto, contribuem para aumentar a longevidade das pessoas.
Assim sendo, em respeito aos consumidores e àqueles que dedicam grande parte de suas vidas a pesquisas científicas, buscando encontrar fontes de saúde para a população, reafirmamos com veemência os nossos protestos pela infeliz, inadequada e desinformada ideia do chargista da Folha de São Paulo.

Entendemos que uma charge é um poderoso instrumento de comunicação com os leitores e deve ser usado de maneira responsável, correta e que leve mensagens verdadeiras aos mesmos, instigando uma reflexão crítica de uma dada realidade. Assim, a ABH, baseada em investigações científicas de diversas universidades e centros de pesquisa de diferentes partes do mundo, recomenda aos consumidores: consuma mais brócolis e viva muito mais e com mais saúde!

Atenciosamente,

Profª. Drª. Tiyoko Nair Hojo Rebouças
Presidente da Associação Brasileira de Hortaliças e Professora de Hortaliças da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.