CONHECENDO OS BENEFÍCIOS DA COUVE

        A couve (Brassica oleracea) é um vegetal muito conhecido na culinária brasileira. Tem também os nomes populares de couve de folhas, couve todo ano, couve galega, couve sem cabeça, couve cigana, couve de cortar, entre outros. É difícil uma casa, onde haja, pelo menos um pequeno espaço cultivável, que não tenha um “pezinho” de couve. Quem nunca teve o prazer de colher mudinhas de couve na horta da vovó para plantar ou mesmo colher aquela deliciosa couve fresquinha no quintal de casa para acompanhar uma saborosa feijoada de inverno, não sabe o quanto isso é bom.
           É claro que se você mora em uma capital ou em grandes centros urbanos e vive “encaixotado” em um prédio com muitos andares, onde há poucos ou nenhuma área verde, é provável que não tenha a oportunidade de cultivar uma couve. A maioria dos vegetais consumidos pela sua família, muito provavelmente, são advindas das Centrais de Abastecimento (CEASA's) e certamente não são produtos tão saudáveis quanto àqueles colhidos no fundo de nossas casas. A alternativa para quem vive nesses grandes centros é comprar vegetais em feiras livres de produtores rurais, mercearias e mercados familiares ou de cooperativas de produtos agrícolas.


        
       A couve pode até mesmo passar despercebida ao nosso paladar, pois muitas pessoas a consomem apenas para ter um prato mais verde. Raramente você encontrará alguém com “água na boca” ao falar sobre esse vegetal. Para àqueles que não são muito amigos dos vegetais, a couve pode até ter um gosto de “nada”, em contrapartida, para um vegetariano pode ser uma das maravilhas do mundo. Mas, extremismos a parte, o fato é que a couve é um vegetal que traz diversos benefícios para a nossa saúde.
        A couve é um vegetal rico em fibras, vitaminas A, B5, B9, C, E, K, cálcio, magnésio, potássio, ferro, selênio e proteínas. Possui poucas calorias, gorduras e carboidratos. Além disso, a couve é uma planta medicinal, devido às suas propriedades antiinflamatória, antioxidante, cicatrizante, desintoxicante, regula a pressão arterial e retarda o envelhecimento celular. A couve pode ser consumida crua, na elaboração de saladas e sucos, refogada ou como ingrediente de sopas, feijoada, farofas e cozidos.
          Para as pessoas que tem problemas no consumo de leite e derivados, a couve pode ser um forte aliado, visto que o cálcio presente neste vegetal, além de estar presente em grande quantidade é facilmente assimilado pelo organismo, contribuindo para a fixação de cálcio nos ossos e dentes. O magnésio presente na couve, auxilia no relaxamento muscular, melhora a tensão e o humor, pois esse nutriente ajuda na formação da serotonina, que é o neurotransmissor ligado ao bem-estar e à autoconfiança. O suco de couve, que pode ser preparado de várias maneiras, desde puro até misturado com limão, laranja, uva, acerola e abacaxi, que são as receitas mais comuns. De acordo com nutricionistas e sites especializados da área, o suco de couve combate a celulite, elimina a gordura localizada e regula os hormônios.
        E agora? Qual a sua opinião sobre a couve? Se você quiser conhecer mais sobre a cultura da couve e como plantar em sua casa essa espécie CLIQUE AQUI. Na internet também é possível encontrar diversas receitas muito interessantes que envolvem esse vegetal, inclusive de sucos deliciosos. Adote esse hábito, se você ainda não consome couve e tenha uma vida mais saudável.