CURSO TÉCNICO EM AGRONEGÓCIO DO SENAR ATRAI CANDIDATOS DE TODO O PAÍS

Candidatos de diferentes regiões do País já se inscreveram para o primeiro Curso Técnico em Agronegócio oferecido pela Rede e-Tec Brasil no SENAR. O curso marca a estreia do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) na educação formal a distância. Durante seus 23 anos de atuação no País, a entidade já levou qualificação profissional a mais de 62 milhões de brasileiros que vivem no campo. Agora, integrando a Rede e-Tec Brasil, do Governo Federal, a instituição oferece também a formação técnica de nível médio a distância, com certificado reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).
O chefe do Departamento de Inovação e Conhecimento do SENAR, Luís Tadeu Santos, explica que nove Estados aderiram nesta fase de lançamento, com 18 polos, mas que a ideia é formar uma grande rede nacional, aumentando a capacidade de atendimento devido à capilaridade do SENAR. “Alguns Estados estão se preparando para a segunda fase e outros já manifestaram interesse de abrir polos presenciais da Rede eTec Brasil no SENAR.”
As inscrições para o Curso Técnico em Agronegócio vão até 10 de dezembro no portal http://etec.senar.org.br/. Os candidatos serão selecionados por meio de provas feitas individualmente nos polos de apoio presencial da Rede e-Tec Brasil no SENAR.  No período entre 1º e 15 de dezembro, os inscritos podem escolher o dia e horário mais convenientes para fazer suas provas no polo de apoio presencial que atende à sua região. As provas são compostas por questões de Português, Matemática, Conhecimentos Gerais e redação.

Seleção

Cada polo de apoio presencial seleciona o número de alunos de acordo com sua capacidade. Ao todo, estão sendo oferecidas 1.250 vagas distribuídas nos 18 polos já estruturados no Amazonas e em Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Sergipe. Neles, o aluno encontra  infraestrutura física, pedagógica e tecnológica completas, com professores especializados, salas de aula e videoconferência, laboratórios de informática, bibliotecas, além de requisitos de acessibilidade.
O Curso Técnico em Agronegócio da Rede e-Tec Brasil no SENAR, tem carga de  1.230 horas/aula. A maior dela é a distância e pode ser cumprida em casa, na fazenda, ou onde o aluno achar mais conveniente. A outra parte deve ser feita nos polos de apoio presencial nos dias e horários previstos no calendário acadêmico. A tutoria presencial e a distância e todo o material didático são garantidos gratuitamente pelo SENAR. Já no 2º semestre, com o apoio das Administrações Regionais do SENAR, novos polos serão abertos nos Estados onde ainda não estão estruturados.
A coordenadora do programa no SENAR, Marina Vianna, destaca que o curso técnico de nível médio em Agronegócio a distância mantém o mesmo padrão de excelência que a instituição sempre assegurou aos cursos de qualificação profissional e programas de promoção social. Segundo ela, os conteúdos são diferenciados, especialmente voltados para a realidade de quem trabalha e vive no campo, assim como as estratégias didáticas são baseadas nisso. Para facilitar o acesso de quem não conta com Internet ou computador em casa, além do conteúdo on-line o aluno vai receber um kit com o material didático do curso impresso e videoaulas gravadas em DVD. Nos polos de apoio presencial, o aluno terá disponível em horários pré-agendados acesso a conteúdos informatizados, atividades teóricas e práticas, plantões de dúvidas e avaliações presenciais obrigatórias.


FONTE: Assessoria de Comunicação do SENAR