MINISTRO REAFIRMA COMPROMISSO COM A REFORMA AGRÁRIA EM MINAS GERAIS

       Em reunião com representantes de vários movimentos sociais do Triângulo Mineiro, no início da noite de 23 de março de 2015, o ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Patrus Ananias, reafirmou o compromisso do Governo Federal para consolidar a reforma agrária nos próximos quatro anos. "Vamos mobilizar todas as nossas energias e forças para que todas as famílias, hoje acampadas, sejam devidamente assentadas. Não queremos mais nenhuma criança debaixo de lona". O encontro ocorreu no auditório da prefeitura de Uberlândia (MG).
      A reunião contou com a presença de integrantes do Movimento Terra Trabalho e Liberdade (MTL); movimento Popular Pela Reforma Agrária (MPRA); Movimento de Libertação dos Sem Terra (MLST); Movimento Unidos dos Sem Terra (MUST II); Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). O prefeito de Uberlândia, Gilmar Machado e o vice-prefeito do município, Paulo Vitiello, também compareceram. No encontro, os movimentos sociais reforçaram a priorização da reforma agrária no Triângulo Mineiro.
       De acordo com o ministro, o MDA e o Incra estão realizando um levantamento para identificar as famílias que serão assentadas em todo o País. "Já foram cadastradas cerca de 60 mil pessoas. Segundo as informações dos movimentos sociais, temos 120 mil pessoas. Então, providenciaremos que as outras 60 mil sejam identificadas. Vamos transformar nossos assentamentos em espaços saudáveis e autossustentáveis, com cidadania", afirmou.
        Ainda no encontro, Patrus ressaltou a importância de criar um fórum de entidades e movimentos sociais para, junto com o MDA, construir uma pauta consensual para a reforma agrária. "Isso será importante para que nossas convergências sejam potencializadas, as diferenças discutidas e, assim, construirmos uma pauta única." 

FONTE: Roberta Paola – Ministério do Desenvolvimento Agrário