PROJETO DE EXTENSÃO REALIZA SEMANA DA AGRICULTURA FAMILIAR COUTENSE

A Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) promoveu entre os dias 17 a 19 de junho de 2016, a Semana da Agricultura Familiar Coutense, por meio do Projeto de Extensão – PIBEX - “Diagnóstico Rural Participativo e capacitação dos agricultores familiares de Couto de Magalhães de Minas para avanço da feira livre municipal”, coordenado pelo Engenheiro Agrônomo Josimar Rodrigues Oliveira. O evento contou com a parceria da Prefeitura Municipal de Couto de Magalhães de Minas, do portal de notícias Brasil Agrícola, Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (IDENE), Escritório Regional da Emater-MG de Diamantina e Associações Rurais do município.
O evento foi idealizado por meio das demandas levantadas pelos próprios agricultores familiares durante as ações do projeto e teve uma participação considerável da comunidade, contabilizando 132 pessoas diretamente beneficiadas. A Semana da Agricultura Familiar Coutense teve sua abertura na Fazenda Experimental Rio Manso, unidade de ensino, pesquisa e extensão vinculada à Divisão de Fazendas da Universidade. O coordenador regional da Emater de Diamantina, Cayle José Martins iniciou as atividades pela manhã debatendo com os agricultores familiares o tema “Importância e papel da Emater-MG na agricultura familiar”. Esse foi o primeiro evento que teve debates e exposições teóricas em sala de aula montada nas dependências da Fazenda Experimental, além das etapas práticas, aproximando a Universidade da população coutense.
No período da tarde, a estudante de agronomia Núbia Cassiana Santos promoveu um debate sobre o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e foi muito proveitoso, tamanha a interação dos participantes em relação a essa temática. Após esse debate, os agricultores familiares fizeram uma visita guiada pelas áreas experimentais onde puderam conhecer de perto os trabalhos que são realizados nessa unidade acadêmica, compartilhar suas experiências e sanar algumas dúvidas relacionadas à produção vegetal. Em seguida, a Pedagoga Thamara Júlia Santos Lopes Oliveira, formada pela Universidade Federal de Viçosa (UFV) ministrou o curso para mulheres rurais com o tema “Confecção de quitandas e valorização dos produtos artesanais”.
No sábado, a equipe do Programa de multiplicação de sementes crioulas e variedades melhoradas para agricultura familiar em parceria com o projeto de extensão – PIBEX e a empresa Júnior AgroVales promoveram algumas atividades educativas durante a Feira Livre Municipal. Os agricultores que visitaram a feira tiveram a oportunidade de trocar conhecimentos com os integrantes das equipes, receberam amostras de sementes de milho crioulo roxo para cultivar e ajudar a preservar esse tipo de semente, informações e dicas a respeito da importância do cultivo agrícola sustentável e tiveram acesso as cartilhas distribuídas por meio do projeto.

A Semana da Agricultura Familiar Coutense teve seu encerramento no domingo, atendendo as demandas de treinamento de duas associações rurais do município. Na parte da manhã, a APICOUTO – Associação dos Apicultores de Couto de Magalhães de Minas recebeu o Curso sobre Técnicas para aumentar a produção de mel, ministrado pelo professor Rodrigo Diniz Silveira do Departamento de Zootecnia, da UFVJM. Na parte da tarde, foi a vez da Associação de Gangorras receber um curso sobre Técnicas de Irrigação Alternativa, ministrado pelo estudante de agronomia Cleberty José Rodrigues Ferreira. O evento superou as expectativas dos organizadores, tendo em vista a presença de vários agricultores familiares que vieram do município vizinho de Felício dos Santos para prestigiar o evento na sexta e no domingo. Além disso, outras demandas de treinamentos já foram levantadas pelas comunidades participantes do evento e convites de outras associações já surgiram para que a equipe do projeto de extensão possa beneficiar mais famílias promovendo ações dessa natureza. Esse é o papel da nossa Universidade, levar o conhecimento para os Vales no qual encontra-se inserida e consolidar seu papel social para a região.