CESB ANUNCIA VENCEDORES DO DESAFIO NACIONAL DE MÁXIMA PRODUTIVIDADE



O CESB (Comitê Estratégico Soja Brasil) anuncia os nomes dos ganhadores do Desafio Nacional de Máxima Produtividade Safra 2011/2012. O vencedor nacional, na categoria soja não irrigada, é o produtor Demétrio Guimarães Parreira, do município de Correntina, na Bahia. O agricultor produziu 108,71 sacas/ha, em um lote de 10 hectares, conforme regulamento do Desafio.
O prêmio oferecido pelo CESB é uma viagem técnica aos Estados Unidos, em Ohio no meio-oeste americano, para compartilhamento de experiências sobre a cultura da soja. O roteiro inclui visitas a fazendas de grandes produtores, centros avançados de tecnologia, universidades e, inclusive, um tour na Bolsa de Chicago.
O vencedor da região Sul foi Ely de Azambuja Germano Neto, de Arapoti, no Paraná, com produção de 103,11 sacas/ha. Ele também foi o segundo melhor produtor, na classificação geral dos produtores participantes do Desafio do CESB. Na região Sudeste, o paulista Frederik Jacobus Wolters, de Itararé no interior de São Paulo, foi o campeão da região com produção de 83,89 sacas/ha. Já na região Centro-Oeste, o agricultor Edmilson Ribeiro Santana, de Uruaçu, Goiás, atingiu 89,85 sacas/ha.
Na safra 2011/2012, o Desafio do CESB atingiu 14 estados, 407 municípios e 1.314 produtores. Atualmente, o CESB é composto por 16 membros, quatro empresas patrocinadoras e 13 instituições de pesquisa apoiadoras, que atuam de forma voluntária para promover melhores práticas agrícolas com o objetivo de elevar a média de produtividade da soja no Brasil. “Nosso trabalho tem demonstrado que é necessária uma revisão nos modelos atuais de produção da leguminosa. Com organização dos processos agrícolas e aproximação dos pesquisadores com os agricultores, atingiremos melhores níveis de produtividade da soja no país”, afirma Orlando Martins, presidente do CESB.

FONTE: Assessoria de Imprensa Grupo Cultivar