CONAB PREVÊ ÁREA CULTIVADA MAIOR E PRODUÇÃO RECORDE DE GRÃOS EM 2012/2013



A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) em seu primeiro levantamento de intenção de plantio prevê recordes na área cultivada e na produção de grãos na safra 2012/2013. A previsão é de aumento entre 80,1 mil (+0,2%) a 1,36 milhão de hectares (+2,7%) na área plantada, estimada no intervalo entre 50,93 milhões e 52,21 milhões de hectares.
Segundo a Conab, a produção também deve alcançar recorde entre 177,68 milhões e 182,27 milhões de toneladas, o que corresponde a uma variação entre 11,96 milhões (+7,2%) e 16,55 milhões (+10%) de toneladas em relação à safra passada, que foi de 165,7 milhões de toneladas.
– Ainda dependemos muito do clima para saber qual será a produção, mas já podemos ter uma primeira aproximação de que será realmente uma safra recorde – diz Edílson Guimarães, diretor de Comercialização e Abastecimento Ministério da Agricultura.
A soja foi o único grão que apresentou crescimento de área neste estudo, que considerou também as culturas de algodão, arroz, feijão primeira safra e milho primeira safra. A variação é de 5,5% a 9,1% ou o intervalo entre 26,42 e 27,33 milhões de hectares acima do cultivo de 2011/2012, que marcou 25,04 milhões de hectares. O motivo se deve aos altos preços da soja no mercado, pela quebra de safra dos principais países exportadores.
– O que percebemos é uma pequena redução da área de milho em detrimento da soja, ou seja, pelo preço da soja e a liquidez que há no mercado ela está ocupando a área de milho e, portanto, apresentando esse crescimento em todos os Estados – diz Sílvio Porto, diretor de Política Agrícola e Informação da Conab.
Ainda com relação à oleaginosa, foi também o maior destaque em termos de crescimento de produção, com um acréscimo estimado entre 13,68 milhões e 16,43 milhões de toneladas em comparação ao estudo passado. O milho primeira safra teve uma elevação entre 653,2 mil e 2,01 milhões de toneladas. Já para o feijão primeira safra, a previsão é de um crescimento entre 45,9 e 84,9 mil toneladas. O levantamento de intenção de plantio da Conab foi feito em campo por cerca de 50 técnicos, que percorreram as principais regiões produtoras do país entre os dias 17 e 28 de setembro.

FONTE: Canal Rural, Agência Estado e Ministério da Agricultura