Curso Gratuito EaD "Prevenção do Coronavírus no meio rural"

O Portal Brasil Agrícola, em parceria com a Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Pró-Reitoria de Extensão e Cultura e Divisão de Fazendas, está ofertando gratuitamente o Curso de Capacitação "Prevenção ao coronavírus no meio rural", com carga horária de 90 horas e emissão de Certificados. Serão ofertadas três turmas. As inscrições podem ser feitas entre 22 de junho a 31 de agosto de 2020. Para realizar a sua inscrição, clique aqui. Não perca essa oportunidade, cadastre-se e compartilhe o conhecimento com seus amigos!

MARKETING RURAL AUMENTA VENDAS NO SETOR AGROPECUÁRIO



       A competitividade no agronegócio, como em outros segmentos da economia, está fazendo com que empresas do setor se preocupem, cada vez mais, com o planejamento estratégico na área de Marketing. Desta forma, o Marketing Rural está se tornando uma das áreas prioritárias em diversas empresas do setor, mas, mesmo assim, muitas insistem em ignorar as novas tendências de mercado e manter uma política conservadora, sem priorizar estratégias mercadológicas.

       O maior problema das empresas nacionais, no setor rural, são os baixos investimentos em Marketing o que, de uma maneira geral, faz com que as vendas e a competitividade do negócio sejam comprometidas. Podemos dizer que uma boa estratégia de Marketing pode e deve elevar a marca da empresa, fortalece-la e criar valor agregado aos produtos fabricados ou comercializados. Isto leva ao aumento das vendas e à facilidade no processo de abertura de novos mercados, sejam eles no Brasil ou no exterior. 

        No Brasil, existem alguns determinados segmentos dentro do agronegócio que já estão criando ou já incorporaram uma política eficiente de Marketing. Os setores de máquinas, implementos e insumos são os que mais investem no planejamento e em ações direcionadas. Além destes, os de saúde animal e defensivos também estão aumentando seus investimentos. Já não pode ser dito o mesmo de setores como os de sementes, grãos e cereais, carne e muitos outros.

        O que os empresários do setor precisam entender é que um bom plano de marketing, com um investimento coerente, cria uma reação em cadeia levando ao êxito de uma política de expansão dos negócios. Todas as ferramentas de Marketing devem ser consideradas e utilizadas de maneira racional. As políticas de preço, logística, distribuição, publicidade, promoção de vendas, etc., são de vital importância para que sejam obtidos resultados crescentes. De nada adianta, por exemplo, uma estratégia baseada na competitividade de preços e que seja ineficiente em publicidade ou na promoção de vendas.

       Nos dias de hoje, a utilização da tecnologia nas estratégias de Marketing Rural também está sendo muito valorizada. Campanhas em mídias eletrônicas como a TV e a Internet estão se mostrando bastante eficientes, pois possibilitam aos anunciantes uma comunicação direcionada a um público bastante qualificado. Desta forma, os objetivos das campanhas são mais facilmente atingidos.


FONTE: Rural News/CNA/SENAR
Matérias assinadas ou com indicacação de fontes são de responsabilidades dos autores, não expressando opiniões ou ideias do Brasil Agrícola.